Construção

CONSTRUÇÃO

GEOTECNIA E FUNDAÇÕES Voltar

LIGAÇÃO FERROVIÁRIA AO PORTO DE AVEIRO EXECUÇÃO DE ESTACAS ESCAVADAS

Cliente
Somague Engenharia, S.A.

Projeto
J.L. Câncio Martins Projectos de Estruturas Lda.

Fiscalização
DHV, S.A.

Prazo de Execução
12 Meses

Localização
Aveiro – Portugal

Descrição
Execução de estacas escavadas em fundações de 3 viadutos e 1 ponte.
• Viaduto Nascente
– Execução de estacas de 1.100 mm de diâmetro com recurso a encamisamento metálico perdido (tubos com 12 mm de espessura) e cravação com vibrador hidráulico de alta frequência:
– Furação à rotação com recurso a “Fly-Drill” – 3.700 m com profundidades entre 10 e 30 m
– Furação à rotação com recurso a perfuratriz 2.700 m com profundidades entre 10 e 45 m.
• Viaduto Poente e Ponte das Pirâmides
– Execução de estacas de 1.100 mm de diâmetro com recurso a encamisamento metálico perdido (tubos com 12 mm de espessura) e cravação com vibrador hidráulico de alta freqüência de 1.200 mm de diâmetro com recurso a entubamento recuperável.
– Furação à rotação com recurso a perfuratriz – 5.200 m com profundidades entre 10 e 50 m.
• Ponte da Gafanha
– Execução de estacas de 1.500 mm de diâmetro com recurso a encamisamento metálico perdido (tubos de 12 mm de espessura) e cravação com vibrador hidráulico de alta frequência sobre meios marítimos e plataformas flutuantes, tendo sido executadas as estacas através de furacão à rotação com recurso a “Fly-Drill” – 400 m com profundidades entre 20 e 40 m.
• Viaduto de acesso e estrutura de proteção ao coletor da SIMRIA
– Execução de estacas de 800 mm de diâmetro com recurso a entubamento recuperável: 2.200 m com profundidades entre 12 e 30 m.

CLIENTES