Construção

CONSTRUÇÃO

INFRAESTRUTURAS Voltar

PONTE VASCO DA GAMA

Cliente
GATTEL – Gabinete de Travessia do Tejo em Lisboa

Contrato
Em Associação

Projeto
Consórcio Tejo Projeto
Coba – Consultores para Obras, Barragens e Planejamento, S.A.
Proponte – Projectos de Pontes e Estruturas Especiais, Lda.
EEG – Europe Etudes GECTI
THT – Trafalgar House Technology, Ltd.

Fiscalização
Consórcio Tejo Ponte Control
Acer Consultants, Ltd.
Tudor Engineering Company
A2P – Consultores para Obras e Projectos, Lda.
Pavia – Pavimentos e Vias, S.A.

Valor da Obra
654.995.800 € (valor total)
69.975.109 € (valor Teixeira Duarte)

Prazo de Execução
36 Meses

Localização
Sacavém Montijo – Portugal

Descrição
Construção da nova travessia do Rio Tejo em Lisboa, com 18 km de extensão,
divididos em 7 áreas de construção que a seguir se apresentam no sentido
norte-sul:

– Trevo de Sacavém e da Variante à E.N.10
Estes incluem um grande número de viadutos e de relocação de acessos
existentes.

– Viaduto Norte
Tem cerca de 560 metros, atravessando a linha do Norte da CP e diversos
acessos locais. A largura do tabuleiro varia de forma a integrar as ligações
aos acessos.

– Viaduto EXPO
O viaduto consiste num tabuleiro de concreto armado protendido com 670
metros de dupla seção trapezoidal, construído com aduelas pré-moldadas.

– Ponte Principal
Trata-se de uma ponte ancorada com um vão principal de 420 metros
e dois vãos laterais de 205 metros, localizados a uma altitude máxima
de 45 metros acima da superfície da água. As suas torres de 150 metros
em concreto foram dimensionadas considerando um eventual impacto de
navio.

– Viaduto Central
Estes 6,5 km de viaduto atravessam areias e dois pequenos canais de
navegação. A sua altura varia, mas na maior parte de seu comprimento
o tabuleiro está colocado a menos de 14 metros da superfície da água.
Na sua construção foram utilizadas vigas de concreto pré-fabricadas com
78 metros de comprimento suportadas por pilares assentes em fundações
de estacas.

– Viaduto Sul e Acessos
O viaduto Sul, com 3.840 metros, tem vãos de 45 metros entre pilares. As
fundações são assentes em estacas de Ø 1.800 mm e Ø 2.000 mm que
atingem 65 metros de profundidade. Para a execução do tabuleiro foram
utilizadas 4 vigas de lançamento.
A construção do acesso ao viaduto Sul incluiu 655.000 m² de aterros.

– Trevo Sul
A travessia termina no denominado Trevo Sul. Este trevo dá acesso à
Autoestrada A12 – com ligações à Setúbal, Espanha ou Algarve e ao Anel
Regional de Coina, com ligações ao Barreiro e a Montijo-Alcochete.

Estágio
Finalizado em 1998

CLIENTES